Vídeos

Loading...

terça-feira, 10 de novembro de 2009


Sentimentos Mortos

Tudo o que desejo é morrer,
Perecer pelo desejo de te ter,
Desmerecer a vida e conquistar a morte.
Meu corpo não mais me obedece,
Meu coração, meus pensamentos a você pertencem,
Minha alma é a única coisa que vaga,
Vaga sem rumo, me buscando, ti buscando, vagando.

O sentido de viver penso que seja morrer,
E o sentido de morrer talvez seja viver.
Um completa o outro,
E juntos nenhum sentido fazem.
É como se você fosse a vida eu a morte,
Que seria da vida sem a morte,
O que seria da morte sem a vida.
Juntos nos completamos,
E na nossa junção ninguém nos entenderia.
Dane-se, pois finalmente eu lhe teria.

Tenho as características de um poeta melancólico,
Não expresso alegria em minhas palavras,
Mais como poderia eu demonstrar um sentimento que não possuo,
Não tenho a alegria de te ver, não tenho a alegria de te ter,
Não tenho alegria em viver.
Por isso espero a alegria de morrer, para quem sabe,
Em seus pensamentos repousar.